Quer morar sozinha? Saiba o que você precisa!




Olá, meninas!!!

Muitas pessoas sonham com  a tão sonhada independência, ou seja, sair da casa dos pais e ir morar sozinhas. Esse realmente é um grande passo e eu acho que se você quer mesmo, deve ir a luta!

Mas antes, algumas coisinhas devem ser levadas em consideração, e a principal é Planejamento Financeiro. Mas outras coisas também devem ser levadas em consideração, como:

  • Localidade
  • Espaço
  • Gastos Mensais
  • Conservação do Imóvel
  • Seu estilo de vida
Eu vou falar pela minha experiência, pois acredito que aprendemos muito na prática. Bom, eu sempre tive vontade de morar sozinha antes de casar, mas não foi possível. Então, saí da casa da minha mãe em 2007 mas não para morar sozinha, o que faz uma grande diferença. Quando você mora com um companheiro, seja namorado, seja marido, as responsabilidades são divididas e você não se encaixa exatamente no padrão de "morar sozinha". Então, em 2013 fui morar sozinha. Antes passei uns dois meses na casa da minha mãe (o que é totalmente estranho, apesar de nunca deixar de ser nossa casa) até encontrar uma casa.

Porém, no meu caso, tive que pular a parte do Planejamento Financeiro e me virar nos 30 rs Com a ajuda de uma grande amiga procuramos muito, pois eu queria uma casa no bairro onde minha mãe mora, onde cresci e tenho meus amigos. Os preços estavam bem além do que eu podia pagar, até que encontrei uma. Era dezembro e fiquei tão empolgada que não observei quase nenhum ítem.

Então fui morar em uma casa que tinha pouquíssima ventilação, muitos problemas na eletricidade (que me causaram muitos transtornos) e totalmente mal distribuída. Mas foram 8 meses de muito aprendizado, amadurecimento e principalmente mais senso crítico. Apesar de tudo, foi ótimo, pois aprendi a me virar sozinha.

Hoje, moro em uma casa com bastante iluminação, eletricidade perfeita e espaço bem adequado às minhas necessidades e às dos meus gatinhos.
Então, fique atenta:

Planejamento Financeiro


Comece a se organizar financeiramente para sua independência. Pois você terá gastos fixos, como:
  • Aluguel
  • Supermercado
  • Luz
  • Água
  • Gás
  • Telefone
  • Internet
Faça as contas dessas despesas, pois serão todo mês, sem falta! E também tem as despesas extras, como:
  • Emergências
  • Saídas
  • Compras esporádicas
Esses ítens são muito importantes, pois ninguém vive somente com o orçamento contado para as contas fixas. Sempre tem uma coisinha ou outra para comprar para casa, um aniversário, uma saída com os amigos e isso compromete sim o seu orçamento. Sem falar nas emergências, que sempre aparecem. Por exemplo, na primeira casa que aluguei, a instalação elétrica queimou e fiquei sem luz na metade da casa. A proprietária consertou, mas demorou 15 dias!! E nesse período eu tive gastos extras com refeições, já que a cozinha não funcionava. E nesta nova casa, meu chuveiro não bombeava a água, então tive que comprar um chuveiro novo com bomba. E essas coisas acontecem sempre quando você não espera. 

Então a dica é essa, não se empolgue no primeiro imóvel que visitar e planeje bem seu orçamento que tudo dará certo!!

Um beijãooo!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Copyright © 2014 | Layout por: Sabrina Design | Créditos a freepik.com | Tecnologia do Blogger | Todos os direitos reservados •